Escola Professora Wilma Pieroni ficou entre as quatro melhores do Estado

A Escola Municipal Professora Dona Wilma Pieroni, participou recentemente de um programa desenvolvido pela EXCEN – Centro de Excelência em Eficiência Energética, da Eletrobrás, em parceria com a CEMIG – Centrais Energéticas de Minas Gerais, denominado “Cemig nas Escolas”, voltado para a propagação de mecanismos que gerem economia de energia, e ficou classificada entre as quatro melhores escolas de Minas Gerais.

O projeto junto aos alunos da Escola Municipal Professora dona Wilma Pieroni foi desenvolvido pelo professor Jefferrsom Carlos da Silva, e superou as expectativas, pois os alunos assimilaram bem o projeto, o que representou uma grande economia de energia tanto na escola, quando em suas casas; e pelo resultado alcançado a escola ficou entre as quatro melhores de todo o Estado, e ganhou um refrigerador novo da CEMIG, que ajudará ainda mais a escola a economizar energia.

A classificação de cada escola participante de deu mediante medições e verificações do consumo de energia antes e depois da implantação do programa, e a Escola Municipal Professora Dona Wilma Pieroni ficou entre as melhores do Estado e servirá como referência para as demais escolas de todo o País, inclusive sendo inserida no Manual do PEE – Programa de Eficiência Energética, editado pelas instituições organizadoras do projeto. A premiação acontecerá na próxima quinta feira, 12 de Março, às 10:00 horas, na Escola Municipal Professora Dona Wilma Pieroni.

Para o professor Jeffersom Carlos Silva, responsável pela aplicação do programa aos alunos da Escola Municipal Professora Dona Wilma Pieroni, o programa é muito instrutivo e eficiente, prova disso é que Jacutinga conseguiu economizar energia na escola. “O CEMIG na Escola” é um projeto muito interessante e eficiente, e para mim foi um privilégio poder estar a frente da sua implantação, ainda mais com o resultado alcançado pelos nossos alunos. Posso dizer que após o programa, mudei também meus conceitos sobre economia de energia também em minha casa, e os frutos desta mudança já podem ser vistos nas minhas contas de energia elétrica”, comentou o professor.