Abertura da competição reuniu 500 pessoas entre público, equipes e pilotos

Aconteceu no último Domingo, dia 8 de Março, em Jacutinga, a abertura da Copa Mantiqueira de Motocross 2015, competição que reuniu pilotos de mais de vinte cidades da região, e percorrerá várias cidades de Minas e São Paulo. O evento foi promovido pela Q.G. Promoções e Eventos, e contou com total apoio da Prefeitura, através do Departamento de Esportes, que mais uma vez atraiu uma das etapas da competição para Jacutinga.

10422343_435737153252553_2097985192150845671_nA prova aconteceu próximo ao Abatedouro Municipal, saída para Espírito Santo do Pinhal, e reuniu cerca de quinhentas pessoas entre pilotos, equipes e público. A pista foi aberta para treinos livres já no sábado, e todos os interessados puderam assistir um pouco do que foi apresentado na prova de domingo. A chuva que caiu não atrapalhou a prova, pelo contrário, garantiu mais adrenalina à competição, pois exigiu mais dos pilotos que puderam transpirar adrenalina e realizar manobras radicais que agradaram ao público.

  Foi montada uma mega estrutura para receber a prova, que foi disputada nas categorias MX1, MX2, MX3, MX4, Nacional (a), F. L. Nacional, 88cc ou 150cc, Intermediária, MX Open, Júnior 4 tempos (pilotos até 17 anos livre de cilindradas, com destaque para a categoria Força Livre Pró, que reuniu pilotos de todas as categorias em uma só corrida. Para tornar a prova mais equilibrada, os pilotos classificados até o 5º lugar na MX1, MX2 e MX3, não puderam participar da categoria intermediária. Os dez primeiros colocados de cada categoria receberam troféus. Outro destaque foi a Categoria Mirim, que reuniu pilotos entre 10 e 14 anos, que deram um show na pista, onde os três primeiros receberam troféus.

 11034204_435736983252570_9172316997884237424_n   11046409_435737229919212_6848572292163827214_n

    De acordo com a organização da Copa Mantiqueira de Motocross 2015, mais uma vez a etapa Jacutinga superou a expectativa, tanto na participação de pilotos quanto de público, pelo que nossa cidade será mantida como cidades que sediarão provas da competição pelos próximos anos. Cerca de trezentos quilos de alimentos não perecíveis foram arrecadados e serão doados à Santa Casa de Misericórdia de Jacutinga, entidade que tanto tem feito em prol da população jacutinguense.